Encontre aqui tudo para sua construção e reforma


Filtros

Categorias


Cidades

Argamassas usinadas

Argamassa usinada em Ponta Grossa? Encontre as melhores empresas e profissionais que irão ofertar a melhor alternativa para sua obra! Acesse CIA da OBRA!

 

A argamassa usinada é uma alternativa ao sistema convencional que ao invés de ser preparada no canteiro, pelos operários, já chega pronta para ser misturada ao cimento, compensa pelo rendimento e pela economia de tempo. Esse tipo de produto diminui o prazo de execução do revestimento e de serviços subsequentes, economizando tempo e mão de obra, pois o preparo da argamassa significa aluguel de maquinário e gente ocupada somente com isso, quando o processo chega pela metade, a compensação é imediata. Outra vantagem é a facilidade de manipulação. Neste sistema não são necessárias tantas betoneiras trabalhando na obra, nem tanto tempo de espera. O preparo da argamassa leva em média seis horas antes da mistura com o cimento, a usinada chega pronta na obra. No acabamento ela também traz diferença, massa mais lisa, menor absorção de umidade e menos massa corrida. Os materiais que compõem a mistura são: cimento, cal hidratada e areia natural. Porém, o mercado oferece diferentes tipologias de produtos, entre eles podemos citar: Argamassa pronta, argamassa virada e argamassa colante. Conhecer cada uma e em quais situações aplicá-las é fundamental para atingir o resultado esperado. Tipos de Argamassas Argamassa pronta - Como o nome diz, ela já vem pronta. É necessária somente a aplicação de água. “As prontas são aquelas compostas por cimento, areia e aditivos com funções de retenção de água, para não secar e fissurar, e de incorporação de ar, que cria bolhas dentro da massa, o que a torna mais macia e fácil de ser misturada. Esse tipo de argamassa serve para execução do assentamento de revestimentos cerâmicos e também para o reboco.” “O único cuidado em relação às massas prontas é não bater muito ou errar a quantidade de água. Se exagerar na mistura, o incorporador de ar vai criar muitas bolhas e quando a massa for aplicada na parede podem ocorrer problemas de esfarelamento.” Argamassa virada – A argamassa virada em obra é o famoso cimento, cal e areia. “Esse é o tipo que pode sofrer mais alterações devido às qualidades das variáveis e, por isso, o que está mais sujeito a patologias. Normalmente, é utilizada também para assentamento e reboco”, fala Matsumoto. Na preparação da argamassa virada em obra, é utilizada betoneira e a qualidade do produto final depende dessa mistura, sendo possível alcançar massa mais dura ou mole. “Para assentamento, geralmente, é usada a massa mais firme e para reboco, um pouco mais mole”, explica o engenheiro. Para esta tipologia, é possível a construtora comprar cimento, cal e areia, ou então, pode optar por adquirir em usinas de concreto que misturam cal e areia e mandam para obra, sendo necessário somente acrescentar o cimento. Essa segunda possibilidade é a chamada massa usinada. Desvantagem deste produto é a dificuldade para dosar a quantidade certa dos componentes. Se não houver cuidado, a cada novo preparo se chega a um traço diferente. Argamassas colantes – As argamassas colantes têm a função de colar o revestimento. “Para essa tipologia, existem três perguntas fundamentais: o tipo de argamassa que será utilizado, qual o tamanho da peça do revestimento e onde será aplicada - área interna ou externa, por exemplo”, indica Matsumoto. Na argamassa colante o produto também é entregue pronto, já contando com cimento, areia e aditivos. “É necessário somente adicionar água, misturar e está pronta para aplicação.”

Contrate uma empresa de argamassa usinada em Ponta Grossa.

Ver mais